Para aquele que me ensinou liberdade

Outro dia tava te dizendo que o ser humano tem dificuldade de ouvir a verdade. Parece que desde pequeno, a gente escolhe ouvir a mentira bonita pra amenizar uma dor, ou um medo, ao invés de escolher dar de cara com a realidade. A gente tem medo de ver a vida nua, crua, exposta sem máscaras e com nenhum conto de fadas, porque a vida de verdade, é leve demais, e não tem aquela emoção louca que faz o nosso coração querer sair do peito.

A mentira é apertãozinho nas bochechas, enquanto a verdade é tipo bater o dedinho na quina da mesa, porque dói muito e parece que nunca vai parar de doer. Só que depois que ela passa, você aprende a desviar da quina da mesa com mais atenção. Acontece que a gente não quer bater o dedinho nem a primeira vez, por medo de sentir dor, e apertãozinho na bochecha não dói.

Por isso crescemos e algumas vezes acabamos mentindo pra nós mesmos. Talvez seja por medo, ou porque temos que acreditar nas nossas escolhas, por mais erradas que elas pareçam, para encontrar a coragem que precisamos para seguir em frente sem olhar nenhuma vez pra trás.

Só que a minha mãe sempre disse que a mentira tem prazo de validade, e até mesmo aquelas que contamos pra nós mesmos, mais cedo ou mais tarde, são sabotadas pela verdade, que aparece chutando a porta pra entrar.

Se a sua verdade te convence, é porque talvez a minha verdade não seja suficiente e você precise criar um mundo confortável onde você consiga andar. Mas é que eu gosto tanto da leveza, que não preciso mentir pra mim, pra arrancar você de onde está.

Você já se apaixonou de verdade?

Eu não to falando daquele exercício adolescente, que a gente faz pra preencher um vazio que nem sabemos qual é. Eu to falando de encontrar alguém que encaixe perfeitamente na nossa imensidão, sem arrancar as nossas asas.

Quando eu te conheci, foi como se a minha imensidão, já morasse em algum lugar. E com tanta gente no mundo, a minha paixão passou a ter a sua cara, suas manias, seu jeito e seu nome. A minha imensidão ganhou um lugar seguro pra ir, pra voltar e pra ficar.

Eu nem tinha idealizado nada, até você aparecer. Eu nem sabia o que eu merecia, até você me mostrar que eu merecia muito mais do que eu imaginava.

Você me olhou com amor, me tocou com respeito, curou alguns machucados que eu nem sabia que precisava curar, me trouxe de volta a sensatez e a paz de sentir como é boa a liberdade de escolher para qual abraço eu queria voltar.

Você não me tirou nada e deixou tanta coisa, que eu sequer soube onde poderia guardar. Me marcou com amor, sem dizer que me amava. Me abraçou com carinho, sem me pedir pra ficar. Você me olhou como quem entrega o mundo todo a alguém, antes de ir.

Foi assim que eu descobri a diferença entre paixão e amor. Eu sei que pode não estar escrito em nenhum dicionário ou livro, mas pra mim, apaixonar-se é guardar tudo dentro de um coração só, enquanto amar, é guardar tudo em dois.

Eu me apaixonei por você, e aprendi a te ver feliz e ficar feliz também. Aprendi a entender que nem toda história tem começo, meio e final feliz. Às vezes elas tem os meios felizes, às vezes tem começos felizes, e às vezes, os finais felizes são parte de outras histórias que cada um vai sozinho escrever.

Se eu pudesse escolher, exatamente agora, era no seu abraço que eu gostaria de ficar, mas eu descobri que você foi um capítulo tão bonito, tão sincero, tão intenso da minha vida, que esse abraço mora agora em mim. Porque você é um pedacinho do que eu me tornei. É um pedacinho do que eu sou. E você existe aqui, mesmo que vá embora, mesmo que não olhe pra trás, você existe e sempre vai existir no lugar mais seguro que um amor poderia morar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s