Para aquela que transborda

Respira, que volta a calma, o chão, a alma.

Não se assusta com o mundo, existe gente vazia e gente que só sabe mergulhar no raso. Mas também tem um bilhão de outras pessoas como você, que transbordam, só pra ver o mundo brilhar.

Não tenha medo da sua história, seus erros te fizeram ser quem você é, seus medos te encheram de coragem. Não se arrependa. Tem que fazer a vida valer a pena, pra depois não olhar pra trás pensando em tudo aquilo que poderia ter sido, mas não foi, por limite ou cautela. Não construa muros por medo de quem te machucou. A vida é assim mesmo, tem que saber levantar da queda, e quando você constrói muros, você não deixa ninguém entrar, mas também se impede de passar.

Espera o tempo. O tempo sempre foi escola pra você. Conserve seus valores e ame. Ame desde as pequenas coisas, até as gigantes. Ame principalmente quem merecer o seu amor, mas guarde um pouquinho para dar a quem não souber amar.

Doar o que a gente tem de sobra, faz com que nada nos falte. E se você sentir que o amor está prestes a acabar, volte na fonte e busque mais. Busque colo, abraço, carinho, que só assim você vai lembrar que nasceu pra amar.

Mas por agora, só respira. Eu prometo que o tempo não vai te decepcionar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s