Para aquele que me acalma a alma

Na vida, eu sou aquela que não sabe fazer joguinhos. Eu nunca soube. Agora então, aos 30, me reservo a jogar Mortal Kombat e um Truco de vez em quando. O resto pra mim, é perda de tempo e não jogo de interesse.

Sempre fui muito prática e decidida, acredito que as maiores questões da vida, são sempre respondidas com um “sim” ou um “não”. E arrependimento é uma palavra que não deveria entrar no vocabulário de ninguém.

Se você fez algo errado, mas queria muito fazer aquilo naquele momento, então não tem porque se arrepender. Ou se você não fez algo que queria fazer, e acabou deixando a chance passar, é melhor não se lamentar, porque timming é tudo nessa vida, e não adianta nada querer voltar o tempo e corrigir alguns erros. A melhor coisa mesmo é aceitar que as coisas acontecem exatamente como precisam acontecer e seguir em frente, sem desperdiçar as oportunidades na próxima vez.

Então, pra tornar a vida mais leve, algumas lições são essenciais, e essas, eu levo pra mim, quase como um mantra… Eu queria que a sua vida fosse leve, então se eu pudesse te dar um manual pessoal, eu diria que dava pra começar fazendo algumas coisas muito bobas e óbvias… Tipo…

Perdoe e esqueça. Perdoar e não esquecer, é não perdoar. Guardar rancor é um erro, causa rugas e te impede de seguir em frente. Todo mundo merece uma segunda chance, às vezes até uma terceira. Mas chances só valem à pena, quando ninguém sai machucado. No fim do dia, você precisa se sentir leve e sorrir.

Elogie as pessoas. Às vezes você vai ao supermercado e passa por uma operadora de caixa com a cara amarrada, então, ao invés de reclamar e exigir que todo mundo esteja sempre com um sorriso estampado no rosto, faça um elogio, converse com carinho, e torça pra receber o mesmo de volta.

Reclame menos, agradeça mais. Reclamar é tão fácil, que a gente nem percebe que até as coisas ruins, tem alguma lição boa pra nos dar. E preste atenção nas lições que a vida dá.

Aceite que a vida é uma só, mesmo que você acredite em re-encarnações, ou coisas de outro mundo, é bom lembrar que você precisa ser o seu melhor nessa vida mesmo. Seu futuro agradece.

Diga mais “eu te amo”, mas diga sinceramente e não da boca pra fora. Mais cedo ou mais tarde, as pessoas vão embora, e não vale a pena deixá-las com nosso pior. Deixar uma pessoa sabendo o que você sente, pode não causar absolutamente nada, ou pode transformar absolutamente tudo. O que a gente sabe sobre essa vida, é que tudo tem 50% de chances de dar muito certo, e 50% de chances de dar muito errado. Se você não arriscar, nunca sairá desse campo morno e indefinido.

Arrisque-se. Sei lá, faça coisas que você não faria normalmente. Eu sei que temos contas pra pagar, mas levar a vida tão a sério causa tristeza crônica, insatisfação eterna, recalque infinito. E por falar em recalque, não perca tempo falando da vida de outras pessoas. Falar da vida de outras pessoas, não tira a gente do lugar. Isso só nos acorrenta ao pé da cama e nos impede de voar.

Não adianta procurar a felicidade em um lugar, em um objeto, ou em uma pessoa. Se você observar direitinho, vai perceber que a felicidade está dentro de você e transbordar essa felicidade é essencial.

Não minta. Mentir é foda. É melhor se enrolar com uma verdade esdrúxula, do que tropeçar em uma mentira boba. No fim, todo mundo sai machucado, mas quando a gente fala a verdade, a cicatriz aparece com mais rapidez.

E se permita ficar triste de vez em quando. Se permita até odiar alguém uma vez ou outra. Ser feliz o tempo inteiro, nos impede de saber o que de fato é a felicidade. E o ódio, nos faz entender o que é o amor, quando ele for pra valer.

Eu não sei jogar, sigo sem saber. Sempre vou falar o que penso e o que sinto. Sempre vou transbordar, porque eu não sei ser morna, nem ser meio termo. Se eu te amar, vou querer te abraçar e dizer o quanto eu quero que você fique do meu lado pra todo o sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s