Para aquele que é diferente de todos

Eu não sou a melhor cozinheira do mundo, nem sei muito bem como lavar uma roupa, mas você não quis saber nada disso. Eu gosto de vinho suave, de amendoim de bolinha, e prefiro suco de caju, mas tanto faz. Tanto faz se eu gosto mais de calor, do que de frio, se eu acho que sorvete de creme é melhor do que de chocolate, se eu prefiro o rádio à TV.

Tanto faz se eu danço sozinha no trânsito, na rua, no supermercado, se eu gosto de banho de chuva, se tenho insônia a noite. Às vezes, tanto faz quem a gente é, ninguém repara, e a gente pode ser a gente mesmo, sem medo de quem está olhando. A graça está em ser o que quisermos, para terminar o dia com aquela sensação de que valeu à pena não ser igual a todo mundo.

E se te ajuda a mandar as neuroses embora, eu ficaria horas sentada contigo vendo o céu colorir de laranja ao amanhecer outra vez, mesmo que seja só pra jogar conversa fora. Falar sobre o mundo, sobre as coisas, falar de teorias cretinas sobre coisas banais, falar sobre tudo ou sobre absolutamente nada. Porque não é fácil assim encontrar alguém que não se importe com as nossas esquisitices, e que além de ouvir nossas histórias ridículas, complete-as com outras histórias mais ridículas ainda.

A beleza de cada um não está do lado de fora, porque algumas pessoas podem ser muito feias por dentro. E você não é. Você também é lindo do lado de dentro, onde só algumas pessoas podem entrar.

Então, quando a insegurança bater, a gente se encontra pra fazer o medo ir embora, e o dia mudar de rumo outra vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s